Aspectos relevantes da prevenção e controle de infecções hospitalares

Esdras Barros Cunha, Juliana Vieira Frezza Bernardes Cohen

Resumo


As infecções hospitalares também chamadas infecções nosocomiais são definidas como aquelas adquiridas durante ou após a internação do paciente mesmo na alta quando estiver relacionada com a hospitalização ou a qualquer procedimento hospitalar. O presente estudo tem por objetivo abordar o tema prevenção de Infecções Hospitalares, para tanto, primeiramente definindo-as, abordando importantes aspectos clínicos, os principais agentes infecciosos, políticas de saúde para o combate à infecção hospitalar observando-se importância da formação de Comissões de Controle de Infecção Hospitalar CCIH, aspectos da vigilância epidemiológica, e a disseminação das ações de prevenção e controle de infecções na rotina do profissional de saúde. Trata-se de uma pesquisa bibliográfica, com abordagem qualitativa, onde foram analisados e selecionados artigos de acordo com temática abordada. Verificou-se que, através das ações de prevenção podem-se evitar gastos adicionais, maiores períodos de internação por agravamento de quadros e dar qualidade no tratamento do paciente interno evitando-se acometimentos de situações de morbimortalidade.

Palavras-chave


Prevenção; Infecções hospitalares; Agentes infecciosos

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.22614/resc-v6-n2-666



Direitos autorais 2017 SABER CIENTÍFICO

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ISSN: 1982-792X