AVALIAÇÃO DE UM PROGRAMA DE SAÚDE BUCAL DE UMA CRECHE SITUADA EM UMA ÁREA DE EXCLUSÃO SOCIAL EM PORTO VELHO-RO

Maria Izabel de O. Figueiredo, Tânia Tavares Moreira, Patrícia Souza Closs, Roberta Francisca Martins de Castro, Sheila Cavalca Cortelli, José Roberto Cortelli

Resumo


O objetivo deste estudo foi realizar um programa de saúde bucal para avaliar a condição periodontal de um grupo de crianças que estudam numa creche situada em um bairro periférico da cidade de Porto Velho - RO. A amostra foi formada por 73 crianças de 5 a 6 anos ( Idade média 5,38 ± 0,49), classificadas como de baixo nível sócio econômico( Renda familiar média de 444,19 ± 260,02) e baixo acesso a serviços odontológicos ( 64,51% nunca foram ao dentista) segundo questionário aplicado aos seus responsáveis. Para a quantificação da inflamação gengival foi realizado o Índice de Sangramento Gengival (ISG) em 6 pontos, 3 vestibulares e 3 linguais, por dente índice (55,51,65,75,71 e 85). Segundo metodologia adaptada do Projeto SB 2000, os indivíduos foram classificados como escore 1 quando apresentavam qualquer sinal de sangramento em três ou mais coroas, e escore 0 para ocorrências de sangramento menores ou iguais a 2 sítios. Realizou-se também o Índice de Higiene Oral (IHO) em todos os dentes. Os resultados obtidos mostraram deficiência no controle de biofilme dental (IHO= 58,6% ± 28,51). Quanto à inflamação gengival, o percentual de indivíduos classificados como escore 1 foi 44% e como escore 0 foi 56%. A partir desta avaliação inicial executou-se um programa de melhoria das condições bucais através de métodos preventivos e educativos. Após 4 meses realizou-se uma reavaliação epidemiológica onde houve redução de 18,26% do índice de higiene oral, sendo o IHO de 47,9%. Houve também uma redução de 27,73% do escore 1 (escore 1 final 31,8% ) e aumento de 21,6% do escore 0 (escore 0 final 68,2% ). Concluímos que este programa foi eficaz na melhoria da condição bucal das crianças visto que houve uma melhora na saúde gengival e também na higiene oral.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 SABER CIENTÍFICO



ISSN: 1982-792X