O PERFIL DO MODERNO PROFISSIONAL DE RH

José Carlos de Souza Colares

Resumo


A humanidade definitivamente passa por profundas e rápidas transformações. O indivíduo se vê obrigado a produzir cada vez mais com menos custos. Por outro lado, as organizações se vêem obrigadas a ter lucratividade cada vez mais perene. O ser humano, centro de todos os objetivos, quer seja como cliente, quer seja como elemento da produção, deixou de ser um centro de custos para ser um centro de  lucros para as organizações. Nesse entendimento,   é preciso encontrar novas  formas de motivação  humana  para  produzir  e,  por  conseqüência,  contribuir  para  o  alcance  dos  objetivos organizacionais,  bem  como  compatibilizar  as  duas  frentes  sem  olvidar  os  interesses  difusos  que permeiam a causa. Nesse contexto, o administrador de Recursos Humanos, chamado atualmente de Gestor de Pessoas,  tem o grande desafio, ou a grande oportunidade, de criar dispositivos cada vez mais ousados, que atendam os dois  interesses e, ainda,  satisfaçam a  sociedade, que é o objetivo primordial  de  qualquer  organização.  Este  artigo  procura  colocar  de  frente  os  dois  interesses: organizacionais  X  pessoais,  a  fim  de  permitir  ao  leitor  uma  reflexão  crítica  em  decorrência  do emaranhado de idéias e conceitos citados no decorrer do texto.


Texto completo:

PDF




Direitos autorais



ISSN: 1982-792X