Análise físico-química e bacteriológica de coliformes totais e termotolerantes da água de consumo distribuída aos alunos de 3 creches privadas do setor leste da cidade de Porto Velho – Rondônia

Natália Cristina Figueira de Souza, Helen Queite Guterres Barros Gazola, Ester Rosalina da Silva Alves, Olivia Bezerra da Silva

Resumo


A água é um liquido essencial a vida, cerca de 90% do nosso organismo necessita de água para o bom funcionamento dos órgãos de cada individuo, porém pode também ser um meio de transmissão de microrganismos patogênicos causadores de doenças vinculadas com esse meio tão apreciado por nós. Sendo assim, o objetivo do trabalho foi avaliar os parâmetros físico químicos e bacteriológicos de águas de três creches particulares de Porto Velho-RO. As coletas foram realizadas mensalmente nos meses de março, abril e maio de 2015. Totalizando 37 amostras divididas em bebedouros e torneiras. Para as análises microbiológicas utilizamos o meio Aquatest coli e meios seletivos para identificação de outros patógenos, já que houve presença de bactérias em algumas amostras. Para os parâmetros físico químico foram utilizados equipamentos disponibilizados pela SEDAM. Os resultados nos mostram que quatro das amostras de bebedouros apresentaram contaminação por coliformes fecais e todas as amostras de torneiras apresentaram um número menor de cloro dissolvido levando assim a hipótese que a proporção não seria eficiente para eliminar as bactérias termotolerantes. Todos os resultados foram embasados na Portaria nº 2914/2011 onde rege a potabilidade da água de consumo humano.

Palavras-chave


Água de consumo; Aquatest coli; Análise Bacteriológica; Creche; Rondônia

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2016 SABER CIENTÍFICO



ISSN: 1982-792X