Estabelecimento de protocolo para descontaminação de explantes foliares de bacurizeiro (platonia insignis mart.)

Maurício Reginaldo Alves dos Santos, Sâmela Emanuela da Silva Chagas, Milene de Castro Melo Guimarães

Resumo


O bacurizeiro (Platonia insignis Mart.) é uma espécie arbórea nativa da Amazônia Oriental Brasileira. É consumido in natura e utilizado na fabricação de sorvetes, doces, compotas e sucos. Objetivou-se neste trabalho o estabelecimento de um protocolo eficiente de descontaminação de explantes foliares, visando à sua introdução em estudos de calogênese e embriogênese somática. As folhas foram lavadas em água destilada com auxílio de esponja e detergente. Em câmara de fluxo laminar, as folhas foram imersas em álcool a 70% (v/v) por 1 minuto e em seguida em soluções de hipoclorito de cálcio nas concentrações de 0,25, 0,5, 0,75, 1,0, 1,25, 2,5, 5,0 e 10,0% (p/v), durante 30 minutos, sendo, em seguida, segmentadas em fragmentos de 1 cm², os quais foram inoculados em meio de cultivo MS. Metade dos explantes foi inoculada com a epiderme adaxial em contato com o meio de cultura e a outra metade com a epiderme abaxial voltada para o meio. Cada unidade experimental foi constituída de 10 explantes. Os cultivos foram mantidos no escuro, a 24±2ºC. Sete dias após a inoculação foram avaliadas as porcentagens de contaminação fúngica e bacteriana, e de explantes necrosados. Os tratamentos mais eficazes para a desinfestação foram as concentrações de 0,25, 0,5 e 0,75% de hipoclorito de cálcio, resultando em descontaminação total dos explantes, sendo que os tratamentos com 1,0, 1,25, 2,5, 5,0 e 10,0% de hipoclorito de cálcio resultaram em alto nível de necrose (100%), independente da superfície da folha em contato com o meio. Os explantes com superfície abaxial em contato com o meio continuaram verdes, enquanto os explantes com a superfície adaxial em contato com o meio necrosaram. Considerando-se as variáveis avaliadas, recomenda-se a utilização de 0,25% de hipoclorito de cálcio e a posição do explante com a epiderme abaxial em contato com o meio de cultura.

Palavras-chave


Platonia insignis; Cultura de tecidos vegetais; Hipoclorito de cálcio; Estabelecimento in vitro; Descontaminação de explantes

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2015 Saber Científico



ISSN: 1982-792X