HIV/AIDS E EDUCAÇÃO ESCOLAR: UM DESAFIO A MAIS PARA PROFESSORES DE EDUCAÇÃO FÍSICA

Arlete Cherobini Orth, Simone Gobbi Marcolan, Tania Jandrey

Resumo


As escolas são locais de socialização do saber, as quais recebem crianças e adolescentes de todas as classes, gêneros, etnias e com os mais variados laudos médicos ou portadoras de síndromes, sendo que a AIDS pode ser uma delas. Diante disso, a pesquisa foi direcionada com o propósito de averiguar se os professores de Educação Física, os quais sujeitos da pesquisa, estão preparados para receber e trabalhar com estudantes portadores de HIV e AIDS em suas aulas. Os dados coletados demonstraram que mesmo estando despreparados para trabalhar com estudantes soropositivos, os professores têm a dimensão de suas responsabilidades e buscam por maiores informações, bem como aperfeiçoamentos sobre o tema ora mencionado.


Palavras-chave


Docência. HIV/AIDS. Formação de Professores.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2020 Revista Saber Científico

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.

ISSN: 1982-792X