INVENTÁRIO DAS ESPÉCIES ARBÓREAS DAS VIAS URBANAS DE ITAPEJARA D’OESTE, PARANÁ, BRASIL

Caroline Reichert Pontes, Luciana Pellizzaro

Resumo


A arborização urbana inclui o plantio de espécies arbóreas no meio urbano, importante para a melhoria das condições urbanísticas, para o bem-estar humano e o equilíbrio ambiental. Devido à falta de planejamento nas cidades, ocorrem inadequações, como espécies exóticas em demasia, árvores de porte inadequado, frágeis, etc., geralmente plantadas pela própria população. O plantio dessas espécies, associado à falta de informação, pode gerar problemas como interferência dos galhos na rede elétrica, quebra de calçadas e muros pelas raízes, riscos para a saúde da população e alterações nos processos ecológicos naturais. Para uma arborização adequada, é necessário desenvolver um inventário, que consiste na coleta dos dados dessas espécies do meio urbano, para avaliar a situação e a interação com o espaço urbano. Com o propósito de auxiliar futuramente no Plano Municipal de Arborização, esta pesquisa objetiva inventariar as espécies arbóreas da cidade de Itapejara D’Oeste, Sudoeste do Paraná. A metodologia utilizada para a coleta de dados foi a de amostragem estratificada, o que torna a quadra a unidade amostral e também permite uma avaliação aprimorada das espécies. Os dados foram anotados em formulários, sendo avaliadas as árvores de 30 quadras, de sete bairros. Foram encontradas 785 árvores, de 47 espécies pertencentes a 25 famílias. As espécies exóticas predominantes foram Cinnamomum burmanii (Ness) e Ligustrum lucidum (Aiton), representando 64,1 % da arborização urbana; a espécie nativa predominante foi Eugenia uniflora L., com 2,96%.

Palavras-chave


Inventário. Arborização. Espécies arbóreas. Plano de Arborização.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.22614/resc-v8-n1-1093



Direitos autorais 2019 Saber Científico

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Compartilhar igual 4.0 Internacional.

ISSN: 1982-792X